As rochas metacarbonáticas geradas a partir do período geológico mesoproterozóico (1,6 a 1 bilhão de anos) fazem parte da sequência Barroso, sendo que as rochas dessa sequência estão assentadas sobre o embasamento cristalino do período paleoproterozóico.

Os mármores gerados pelo metamorfismo sofreram pelo menos três fases de deformação imprimindo na sequência um forte mergulho (45°), os mármores da parte basal são mais puros, com tonalidades mais claras tendo intercalações de origem detrítica (Biotita, Quartzito) com espessura variando de milimétrica a centimétrica, imprimindo o bandamento em todo o pacote, até o topo onde se mostra mais acentuado, apresentando camadas centimétricas de Biotita Quartzito na cor negra intercaladas no mármore de cor marrom acinzentado (Sequoia Brown), sobreposta a essa sequência os mármores são de cores cinza azulado a cinza escuro, devido as inclusões de Biotita nos cristais de calcita.